Jogo mais Longo da História!

Partida na Noruega dura 11 períodos.

Autor: Martin Merk

Fonte: www.iihf.com

Data: 13/03/2017

Hamar (Noruega) – Um jogo de quartas-de-final da principal liga norueguesa masculine quebrou o recorde de prorrogações para uma partida de hockey, que era de um jogo da NHL ocorrido em 1936. A equipe Storhamar Hockey precisou de 11 períodos, sendo oito prorrogações, para vencer o Sparta Sarpsborg por 2 a 1. O tempo de jogo foi de 217 minutos e 14 segundos – um novo recorde mundial (o antigo era de 176 minutos e 30 segundos).

A linha do placar no website do Storhamar Hockey ficou assim:

tn_sparta_-010_1

Storhamar 2 (OT) – 1 Sparta Sarpsborg

(0-0, 1-0, 0-1, 0-0, 0-0, 0-0, 0-0, 0-0, 0-0, 0-0, 1-0)

 

Erik de la Rose, irmão mais velho do jogador sueco da NHL Jacob de la Rose, abriu o placar para os donos da casa no segundo período.

Quando Henrik Knold empatou para os visitantes aos 2:20 do terceiro tempo, os 5.526 torcedores em Hamar não faziam idéia de quanto hockey receberiam pelo dinheiro pago pelo ingresso. Aqueles que ficaram até o final basicamente receberam três jogos e meio pelo preço de um.

Os times ficaram sem marcas por sete prorrogações. Aos 17:14 da oitava prorrogação Joakim Jensen superou o goleiro do Sarpsborg Samuel Ward com um chute do círculo de faceoff direito, selou a vitória dos anfitriões e colocou esta partida nos livros de história.

Os jogadores do Storhamar pularam do banco e celebraram a vitória desta batalha “eterna” como se tivessem vencido o campeonato. O lema da equipe “Vi gir oss aldri” (Nunca desista) foi comprovado na prática, literalmente.

Eis os chutes a gol de cada equipe na partida: 95-93 (9-2, 7-8, 8-10, 8-6, 10-14, 10-8, 4-7, 12-11, 7-11, 11-9, 7-7).

O jogo terminou após 217 minutos e 14 segundos de jogo cronometrado. Se incluirmos os intervalos e paradas, o jogo levou oito hora e meia, tendo começado na noite do domingo, 12 de março às 18:00 e terminado 02:30 da madrugada da segunda-feira dia 13 de março. Os jogadores do Sparta Sarpsborg ainda tiveram que voltar de ônibus para casa, onde chegaram somente às 06:15 da manhã, sendo que muitos dos jogadores são semi-profissionais e ainda teriam que encarar um dia de trabalho ou estudo. “Não consigo imaginá-los indo ao trabalho ou à aula”, disse o Gestor do Sparta Sarpsborg, Daniel Bjornberg ao portal www.vg.no.

Jensen estava feliz de ter marcado o gol decisivo e finalizado o jogo mais longo da história. “Foi bom, Foi com certeza o jogo mais longo do qual participei. São quase 3 da manhã; Vai ser bom ir para casa e deitar”, disse o atacante de 29 anos à TV2. “Tive câimbra nas duas pernas desde o quinto período mas sabia que eu não era o único cansado. Acabaram trazendo um monte de pizza e massas, comemos até três refeições durante a partida”.

Apesar de tudo, não haverá muito tempo para descansar. Graças à vitória o Storhamar lidera a série melhor-de-sete destas quartas-de-final por 3 a 2, mas no dia seguinte haverá jogo em Sarpsborg.

 

Jogos mais longos da história do Hockey:

1º 2017, Noruega: Storgamar Hockey x Sparta Sarpsborg: 217min e 14s.

2º 1933, NHL: Detroit Red Wings x Montreal Maroons: 176min e 30s.

3º 2008, DEL (Alemanha): Kolner Haie x Adler Mannheim: 168min 16s.

4º 2015, Bielorrússia, Yunost Minsk x HK Gomel: 165 min 11 s.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *