Modelo de Desenvolvimento

“Levar o hockey e os esportes no gelo à todo Estado de São Paulo”

É a premissa da FPHG e a razão fundamental para o trabalho desenvolvido pela entidade. E para que esta missão seja cumprida a FPHG desenvolveu um método de trabalho em que se utiliza a estrutura já existente no Estado, em especial as pequenas pistas de gelo e as equipes de hockey inline existentes no Estado, para fomentar a prática das modalidades de gelo e criar as condições para a implementação das primeiras pistas de gelo de tamanho oficial.

 

No Presente.

Se há um evento onde haverá uma pista de gelo, a FPHG está sempre a disposição para auxiliar na preparação do evento e ,onde há uma pista de gelo em São Paulo, lá estará a FPHG utilizando o equipamento para disseminar o hockey e os desportos no gelo, assim sendo. Assim, a FPHG dedica boa parte do seu esforço a auxiliar na elaboração de eventos e a utilizar a estrutura existente para o fomento e a divulgação dos esportes que organiza, seguem alguns exemplos:

 fphg04  43  42  40
  Estrelas da Patinação 2016  Clínicas para Crianças (2016)  Campeonato de Patinação Artística 2016 Seleção Brasileira de Hockey no Gelo2016

 

Em 2014 um acordo entre a FPHG e a direção do Clube Escola Vila Guarani (localizado na Rua Lussanvira 178 na cidade de São Paulo) – instituição vinculada à Secretaria de Esporte da Prefeitura Municipal de São Paulo –  permitiu a construção da primeira quadra poliesportiva com dimensões oficiais para a prática de hockey inline segundo os padrões da IIHF (Federação Internacional de Hockey no Gelo), sendo esta a primeira etapa de um plano de trabalho em que a FPHG e o Clube Escola Vila Guarani vislumbram o que será um ginásio capaz de receber uma quadra oficial de hockey e desportos no gelo e se converterá no primeiro pólo de lazer e prática esportiva voltada à patinação e esportes no gelo em São Paulo.

 

Visão de Futuro.

O hockey e os esportes são modalidades que mobilizam milhões de pessoas no mundo e sua prática, desde o nível recreativo ao profissional, pode ser realizada em qualquer lugar do mundo, em qualquer clima e a tecnologia utilizada pelas pistas de gelo artificiais permite que o custo envolvido seja particularmente baixo, o que criou as condições para que estas modalidades olímpicas e paralímpicas disputados sobre o gelo florescessem em localidades de clima quente como a Malásia, Dubai, Singapura, Marrocos, África do sul ou até mesmo no Irã.

Ou seja, desde que o negócio seja conduzido por pessoas e corporações que tenham o conhecimento adequado, uma pista de gelo de grandes dimensões é um negócio viável que pode superar a rentabilidade das formas de investimento mais conservadoras do Brasil.

Sabendo disto, em 2013 a FPHG criou uma equipe de estudos e se uniu à empresas que são referência no mercado de projeto de arenas e pistas de gelo no Brasil e no Mundo e desenvolveu um conceito da “Arena SP”, um empreendimento voltado ao lazer familiar e prática esportiva que conta com uma pista de gelo de padrão internacional e uma área comercial anexa – que poderá ter o tamanho que o grupo investidor desejar – e onde a sinergia entre o movimento da pista de gelo e da área comercial garante o sucesso econômico do negócio e permite que os esportes no gelo floresçam onde houver uma “Arena SP”.

sp1-quadra-2 sp1-quadra-4 sp1-quadra-3 sp1-quadra-5

 

Atualmente, grande parte do tempo da equipe da FPHG é investido em contatos com o poder público e grupos empresariais com vistas a definir os lugares e viabilizar a construção das primeiras “Arenas SP”.